1200px-Castelinho_da_rua_Apa

Conhecido por supostamente ser assombrado, o Castelinho da Rua Apa, construído no centro de São Paulo no início do século XX, foi reaberto no último dia 6 de abril, após quase 50 anos de abandono.

A PGG foi contratada pelo governo do estado para fazer toda a restauração do edifício, que durou dois anos, que agora funcionará como sede da ONG Clube das Mães do Brasil, que há 20 anos utilizavam o prédio ao lado. A ONG, gerida por Maria Eulina Reis Hilsenbeck, atende crianças e cidadãos em situação de rua, além de também dependentes químicos e catadores de papelão.

O Castelinho, inaugurado em 1912, foi construído por arquitetos franceses na tentativa de replicar castelos medievais e pertencia à família Guimarães Reis. Após um crime acontecer no local, ele foi abandonado até ser concedido à ONG.